quarta-feira, 28 de abril de 2021

Supremo Tribunal Federal torna deputado Daniel Silveira réu

O plenário do Supremo Tribunal Federal decidiu, nesta quarta-feira (28), receber denúncia da Procuradoria-Geral da República contra o deputado Daniel Silveira (PSL-RJ). Com a decisão, ele torna-se oficialmente réu. O parlamentar está preso desde fevereiro, depois de produzir e postar um vídeo com ofensas ao Supremo.

Silveira está em prisão domiciliar e deve permanecer neste regime, pois sua detenção não foi analisada pela corte nesta quarta).

O parlamentar responderá pelo crime de coação no curso de processo (usar “violência ou grave ameaça” contra autoridades por interesse pessoal) e também por dois artigos da Lei de Segurança Nacional: estimular o emprego de violência contra o livre exercício dos Poderes e incitar as Forças Armadas contra o STF.

O vice-procurador-geral da República, Humberto Jacques, afirmou que a ação do deputado não é coberta pela imunidade parlamentar. “As expressões, exageros e violência verbal são muito além de expressão. Nesta violência verbal e excessos típicos da caverna da anemia da Internet, esses impropérios, partindo da boca de um deputado federal, se propaga num espaço que chegamos a ver a incitação da animosidade da corte e das Forças Armadas”, disse.

11 comentários:

  1. Que coisa linda ! Uma deputada assassina ta ai de boa ne , agora um comentário na hora que uma pessoa fala , muitas vezes em um momento de revolta da nisso , que beleza . vamos pra frente Brasil!

    ResponderExcluir
  2. Que "poder judiciário" rigoroso! Após transformar o maior ladrão de todos os tempos em herói/santo/anjo/diabólico, agora querem condenar um cidadão honesto. O Brasil é a república dos bandidos. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leva pra sua casa e vai dormir mais ele, tão bonzinho

      Excluir
  3. que pena menino bom

    ResponderExcluir
  4. como pode fazer isso com esse pobre coitadinho tadinho estou muito sentido que peninha

    ResponderExcluir
  5. PIOR MESMO É POVO QUE VOTO NUMA FIGURA DESTA! UMA PESSOA QUE JA FOI PRESA MAIS DE 20 VEZES E TORNA DEPUTADO DÁ NISSO, OU SERÁ QUE AS MAIS DE 20 VEZES QUE FOI PRESO E MIL E OS MIL E UM PROCESSO SÓ ELE TA CERTO? O POVO MERECE ISSO MESMO!!!

    ResponderExcluir
  6. Gente...! Que "justiça" mais tendenciosa é esta, só pune as pessoas de bem! Todos sabemos que os ladrões e bandidos mais cruéis e insensíveis desta república de bananas são os diabólicos criminosos petralhas. Inclusive o maior ladrão de todos os tempos, um "gatuno-galhudo-cornão-de-goteira", teve seus crimes perdoados pelos parceiros do "poder judiciário" que, coincidentemente, foram indicados pela quadrilha petralha e aliados. Todo ladrão, assassino, gatuno, galhudo, corno de goteira É PETRALHA. Cadeia e binga de boi nesses safados! KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  7. Mandar matar o marido é menos grave do que criticar os deuses do STF. Alguém tem que dar um choque de realidade nesses juízes, a toga deles vai cair.

    ResponderExcluir
  8. Kd os amigos e apoiadores do camarada?
    Quem tem coragem repete em público o que ele disse.
    Kd o famoso senador da RACHADINHA que não defende o xereta?
    Se lascou sozinho.

    ResponderExcluir
  9. reu não : criminosos, isso aí é lixo!! como todos os bolsonaristas!

    ResponderExcluir