quinta-feira, 20 de outubro de 2022

Baianos presos por tráfico de drogas na Tailândia são soltos

Os três baianos que foram presas por tráfico internacional de drogas na Tailândia, foram soltos e já voltaram para o Brasil. Segundo Kelly Cavoli, a advogada das irmãs de Feira de Santana envolvidas no caso, ambas foram liberadas no último dia 15. O advogado do terceiro jovem envolvido afirmou que o cliente não quer divulgar informações sobre o caso.

As duas jovens foram presas em junho, no aeroporto de Bangkok, por porte de cocaína. Elas foram identificadas como Samara Taxma Chalegre Muritiba e Daiana Chalegre Muritiba, e estavam acompanhadas de um terceiro baiano, identificado como Laécio José Paim das Virgens Filho. Diferente das duas mulheres, Laécio é da cidade de Amélia Rodrigues.

Em entrevista ao Bahia Meio Dia da TV Subaé, filiada da TV Bahia em Feira de Santana, a advogada das irmãs contou que o processo de apuração que aconteceu na Tailândia foi parecido com o que ocorre no Brasil.

Um processo foi instaurado e um órgão similar ao Ministério Público escolheu não dar seguimento à denúncia por falta de provas. Logo em seguida, as feirenses receberam uma espécie de alvará, tiveram os vistos regularizados e voltaram para o Brasil.

Apesar de já estarem na Bahia, a advogada contou que as irmãs não estão bem psicologicamente e preferem não falar com a imprensa no momento. Leia mais no G1

17 comentários:

  1. Respostas
    1. Eu que matar não era o remédio mas que se cumprisse a lei do país qualquer ela que fosse

      Excluir
  2. Oh povo sortudo, escapar
    Da pena de morte da Tailândia.

    ResponderExcluir
  3. Primeira vez que vejo a Tailândia absolver mulas do tráfico. Deram foi sorte e a família não vai gastar pra pagar as balas dos fuzis

    ResponderExcluir
  4. Pena não ter acontecido as prisões na Indonésia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na Tailândia também tem pena de morte, deram foi sorte

      Excluir
  5. Muita sorte, não tem advogado bom pra livrar da pena deles, queria sabe como conseguiram...

    ResponderExcluir
  6. Fico indignado, era para ser pena de morte.

    ResponderExcluir
  7. Deus no controle, deu uma segurada chance a todos, espero que eles mudam.

    ResponderExcluir
  8. PARABÉNS PARA A LEI BRASILEIRA, MOSTRANDO QUE O TRÁFICO ESTÁ LIBERADO E NÃO É CRIME, ACONTECEU NA TAILÂNDIA E VINHERAN RESPONDER NO BRASIL.

    ResponderExcluir
  9. isso foi melhor do que ganhar na mega sena, ganhou o direito de vida novamente, espero que desta vez tenha mais sabedoria e não entrar nessas furadas .

    ResponderExcluir
  10. tinha que abrodecer na cadeia,isso sim

    ResponderExcluir
  11. Rapaz esses aí nasceram de novo, cagada da zorra

    ResponderExcluir
  12. Vão refazer a aventura emocionante? Espero que...

    ResponderExcluir
  13. Segunda chance na Tailândia não existe, era pena de morte mesmo, deram foi muita sorte mesmo. Se fosse à 20 anos atrás acho que não escapariam. Os três agora tiveram os nomes divulgados e tem que tomar muita vergonha na cara. Até para conseguir emprego digno vai ficar difícil. KKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  14. kkkkkk o C* desses retardados não passava nem linha. Tá pensando q lá é Brasil, q a mídia esquerdista q manda e desmanda kkk

    ResponderExcluir
  15. Oportunidade das grandes viu....

    ResponderExcluir