quinta-feira, 28 de setembro de 2023

Criança de dois anos morre após ser atacada por cachorro pitbull no interior da Bahia

Uma criança de dois anos morreu após ser atacada por um cachorro da raça pitbull, na cidade de Teixeira de Freitas, no sul da Bahia. De acordo com a Polícia Civil, o ataque aconteceu nesta quarta-feira (27), em uma residência na cidade.

A vítima foi identificada como Pyettro Alves da Silva. Ele foi socorrido para uma unidade de saúde, mas não resistiu aos ferimentos.

A polícia não informou se o cachorro que atacou o menino é da família da criança ou não. O caso foi registrado na Delegacia de Teixeira de Freitas.

6 comentários:

  1. Os proprietários de uma "coisa" de raça pitbull sempre afirmam que o seu "cão" é "inofensivo e dócil" e quando o "maligno" ataca e mata alguém que não seja da sua família, eles alegam que o "bicho" apenas reagiu a alguma provocação ou ameaça. Na verdade, estas "coisas" deveriam serem proibidas em todo o território nacional e aqueles que insistissem, condenados e presos.

    ResponderExcluir
  2. É um animal intempestivo, e seus criadores são pessoas resistentes, insistem em continuar a desenvolver a raça de sanguinários,
    Deveria haver leis para a esterilização para descontinuar a raça. Só isso, há pessoas que nem pode ler, ver ou ouvir uma lógica dessa, por tanto vamos continuar a contar os desastres e mortes causadas por esse dragão 🐉.

    ResponderExcluir
  3. a pessoa que cria um bicho desse tinha que ser preso

    ResponderExcluir
  4. TEM PAÍS QUE E PROIBIDO CRIAR ESSA RAÇA

    ResponderExcluir
  5. Tem Pitbull justamente pra defender a casa ou a si mesmo. Não tem apego nenhum pelo animal, porque gosta de criar, é porque quer violência, simples

    ResponderExcluir