terça-feira, 7 de novembro de 2023

Alunos de escola profissionalizante em Itabuna denunciam atrasos em processos que os impedem de concluir formação

Nesta segunda-feira (06), alunos do Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) em Biotecnologia e Saúde, em Itabuna, acionaram nossa equipe de reportagem para denunciar a instituição, por graves atrasos nos processos que envolvem a graduação. 

De acordo com os relatos, a instituição pública estadual oferece cursos profissionalizantes, e cerca de 200 alunos aguardam há anos a finalização dos estágios para que possam concluir a formação. Há alunos nessa situação desde 2017.

Um dos denunciantes afirma que iniciou o curso em 2020, e o que deveria durar dois anos e meio, já caminha para quase quatro anos. O Verdinho Itabuna tentou estabelecer contato com a instituição, sem sucesso. 

Ainda de acordo com a denúncia,  os estágios estão estagnados em decorrência da falta de preceptores, que deveriam ser 22, no total, mas só tem 10 profissionais designados para tal fim. Os estudantes matriculados pedem retorno da instituição, para que a situação seja resolvida.

4 comentários:

  1. Enquanto isso o Jerônimo não sai de Brasília. E ele está preocupado com a Bahia?

    ResponderExcluir
  2. COM BOLSONARO ERA BOM ??????

    ResponderExcluir
  3. Sem contar que pode ser jubilados , e perderam todo curso .

    ResponderExcluir
  4. Cara, que país desgraçado, com políticos desgraçados e povo desgraçado, pagãos...

    Nojo desse país imundo de quadrúpedes, nada dá certo, nada funciona com fluidez...

    Mas para a vacina mRNA que prejudica o idiota que toma, aí tem em abundância.

    ResponderExcluir