sábado, 27 de janeiro de 2024

Idosa abraça filho para o defender de tiros e é morta em Eunápolis

Uma mulher de 74 anos foi morta a tiros ao tentar defender o filho de 35 anos de disparos de arma de fogo na madrugada deste sábado (27), em Eunápolis, no extremo sul da Bahia. De acordo com a Polícia Civil, o filho da idosa, Lucas Gomes Santos, também foi baleado e não resistiu aos ferimentos.

Mãe e filho estavam na casa onde moravam quando o imóvel foi invadido por quatro homens armados, que procuravam por Lucas. Ao notar a situação, Eunice Gomes dos Santos abraçou o filho tentando protegê-lo e foi ferida pelos disparos.

As guias para remoção e perícia foram expedidas. Diligências serão realizadas para identificar os suspeitos e esclarecer a motivação do crime. O caso é investigado pela delegacia de Eunápolis.

9 comentários:

  1. O instinto de uma verdadeira mãe fez ela fazer isso Que Deus te acolha em paz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E a guerra aqui em itabuna não vai voltar não é, eu quero empurrar o dedo,

      Excluir
    2. aproveita que quer sentar o dedo e senta o dedo em vc mesmo idiota , vai fazer um favor pra sociedade .

      Excluir
    3. Filho de rapariga já que vc quer guerra aponta a arma pra sua cabeça e se mata retardado! Bocó

      Excluir
  2. Vcs aí do bloco 11 abram o olho viu pq o genro da mulher vai se mudar daqui para outro bairro e não sabemos qual a intenção dele esto avisando pq moro aqui perto dele e foi ele msm que me falou

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quem é o genro e quem é a mulher q vc tá falando é doido é

      Excluir
  3. Ninguém explica o Amor de Mãe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim mais não são todas quantas mães vagabundas que existem por aí .e poupe né

      Excluir
  4. O amor de mãe é inexplicável, eu chorei imaginando essa cena , daria minha vida pela minha filha tbm, que Deus conceda uma coroa de glória a essa guerreira.

    ResponderExcluir