sexta-feira, 9 de fevereiro de 2024

Mais de 1 milhão de pessoas são contabilizadas no primeiro dia do Carnaval de Salvador

As câmeras da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA), registraram um público de 1,2 milhão de pessoas no primeiro dia do carnaval de Salvador. Ainda de acordo com a pasta, mais de 3 mil itens já foram apreendidos desde as festas de pré-carnaval.

A quantidade de público é registrada pelas câmeras de reconhecimento facial, instaladas nos portais que são acesso aos circuitos Dodô (Barra-Ondina), Osmar (Campo Grande) e Batatinha (Pelourinho), e também em pontos estratégicos da folia. 

Deste número, 654 mil no circuito Barra-Ondina, 492 mil no Campo Grande e 106 mil no Centro Histórico.

Nos anos anteriores, os equipamentos eram usados apenas para identificar foragidos da Justiça na folia. No carnaval de 2023, 77 pessoas foram presas após serem reconhecidas na folia.

A ferramenta promove a contagem a partir da captura das faces e as repetições são descartadas. Entre 19h de quinta-feira e 7h desta sexta (9), 1.195 itens foram apreendidos pela polícia nos portais de acesso aos circuitos do carnaval. Desde sábado (3), quando começaram as festas de pré-carnaval, 3.391 objetos foram apreendidos.

Foi assaltado, vítima de violência física ou assédio no carnaval de Salvador? Saiba onde registrar queixa nos circuitos Entre os itens, estão algemas, facas, garfos e pistolas d'água, que antes eram permitidas no circuito, mas que a partir de 2024, passaram a ser proibidos.

De acordo com o tenente coronel Mattos, que também é coordenador dos portais da Polícia Militar, existem dois tipos: Segundo o tenente, os objetos proibidos não são ilícitos, mas eles são retidos, devido ao grande potencial lesivo que possuem.

2 comentários:

  1. Tá repreendido!!!
    Viados sapatões valentões cheiradores de loló e de pó é o que tem nisso ae. O diabo predomina!!.👿😂

    ResponderExcluir
  2. acabou a covid foi !!!!!!!!!!!!!!!!!!hummmmmmmm

    ResponderExcluir