quinta-feira, 29 de fevereiro de 2024

Polícia prende suspeito de matar indígena em aldeia no distrito de Caraíva em Portto Seguro

A Polícia Civil da Bahia prendeu um homem indígena que era investigado pelo homicídio de outro indígena, identificado como Rarioman dos Santos Pinheiro, de 30 anos. O acusado, que não teve o nome divulgado, foi detido na quarta-feira (28). O crime foi praticado no dia 1º de fevereiro.

O corpo da vítima foi encontrado em estado de decomposição, com sinais de violência, próximo a um plantio de café na aldeia Meio da Mata, distrito de Caraíva, município de Porto Seguro.

O resultado do laudo de necropsia apontou que a causa da morte foi traumatismo torácico, provocado por espancamento. 

Quando o corpo foi localizado, já havia de 48 a 72 horas do momento da morte. Os investigadores do Posto Avançado da Polícia Civil da Bahia no Distrito de Trancoso apuraram que o autor do crime cometeu homicídio qualificado pela traição, o que aumenta a gravidade do delito. O homem passou por exames de lesões corporais e está à disposição do Poder Judiciário.

“Se condenado, ele pode cumprir trinta anos de reclusão. As investigações continuam para a conclusão do Inquérito Policial”, disse o delegado Laerte Neto, responsável pelo caso.

Um comentário:

  1. Esse criminoso vai pagar sozinho o que fez, e tem que pegar cadeia e os presos comer o fiofó dele.
    Kd os que elogiavam o que ele fez ?

    ResponderExcluir