terça-feira, 3 de dezembro de 2019

Cinco mil passageiros desembarcam do Seaview e esquentam turismo na cidade


O mês de dezembro esquentou a chegada da alta estação e Ilhéus continua bastante movimentada. Nesta terça-feira (3), às 7h, a cidade recebeu a visita do cruzeiro marítimo, MSC Seaview, o segundo navio a atracar no Porto de Malhado nesta temporada. O gigante conta com 480 tripulantes e trouxe cerca de cinco mil passageiros para esquentar o turismo na cidade.

Segundo estimativa da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), a cidade deve receber ainda, até o final março, mais de 60 mil passageiros nos 18 transatlânticos previstos para chegar à costa ilheense. O receptivo ficou ainda mais animado com os atrativos promovidos pela Secretaria Municipal da Cultura e do Turismo (Secult).

Notícias falsas – A Superintendência de Transporte, Trânsito e Mobilidade (Sutram) desmentiu ainda ontem (2), as notícias falsas divulgadas nas redes sociais, de que o órgão estaria ameaçando multar os profissionais de táxis e vans, que fossem trabalhar no receptivo de turistas dos cruzeiros, no Centro de Convenções da cidade.
Em nota, a Sutram afirmou seu respeito às categorias envolvidas que desejam contribuir com o acolhimento dos turistas, por meio do bom trabalho prestado, e que o órgão de trânsito estaria presente nos eventos para garantir os direitos e a segurança de todos.

Ilhéus é um dos destinos mais visitados pelos passageiros durante o roteiro brasileiro, sobretudo pelas histórias famosas das obras de Jorge Amado, seu mais ilustre cidadão. Só no Centro Histórico, milhares de turistas conferem os principais pontos turísticos, cenário da literatura amadiana.

2 comentários:

  1. OS TURISTAS COM CERTEZA SE DECEPCIONAM...INFELIZMENTE OS ORGÃOS RESPONSAVEIS PELO TURISMO EM ILHÉUS NADA FAZEM....HOJE ILHÉUS SOBREVIVE DO SUCESSO E DAS FANTASIAS CONTADAS NAS NOVELAS DA GLOBO. ILHÉUS NÃO OFERECE AO TURISTA NADA,,,PORQUE ILHÉUS NADA TEM PARA MOSTRAR.

    ResponderExcluir
  2. cidade mais atrasada que ilhéus não existe, nada e nada e nada para mostrar

    ResponderExcluir