terça-feira, 3 de dezembro de 2019

Governo Bolsonaro quer retirar cota para trabalhador com deficiência

O governo Bolsonaro encaminhou ao Congresso um projeto de lei que praticamente acaba com a política de cotas para pessoas com deficiência ou reabilitadas. O PL 6.195/2019 permite que as empresas substituam a contratação pelo pagamento de um valor correspondente a dois salários mínimos mensais. Nesta terça-feira (3), Dia Internacional das Pessoas com Deficiência, uma reunião na Câmara dos Deputados deve definir uma estratégia para barrar o avanço do projeto e derrubar a urgência com que ele está tramitando.

Para a vice-presidente da Ampid (Associação Nacional dos Membros do Ministério Público de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência e Idosos), a subprocuradora-geral do trabalho Maria Aparecida Gurgel, todo o projeto de lei é grave para as pessoas com deficiência.

“Ele desconfigura toda a ação afirmativa que é a reserva de cargos”, afirma. O projeto traz ainda outras mudanças em relação às cotas, como a contagem em dobro quando da contratação de um trabalhador com deficiência grave, e a inclusão de aprendizes nessa verificação.

22 comentários:

  1. Grita mito agora cabanda de otários baba ovo de Bolsonaro,Brasil se afundando aos poucos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Animal cria do lulismo caso saiba ler aqui vai uma dica. https://www25.senado.leg.br/web/atividade/materias/-/materia/139968

      Excluir
    2. A Constituição de 1988 garante ao deficiente uma vaga a cada cem funcionários na empresa, isso tiraria do INSS, e aumentaria sua auto-estima, mas esse traste de presidente é insensível e burro, pois esses deficientes tem direito ao benefício assistencial e quem vai pagar somos nós da ativa, esse presidente só beneficia os empresários, mas veja que empresários grandes, mais de cem funcionando, estou falando para os donos de lojinhas da cidade não estudarem o peito e acharem que estão sendo beneficiados, e ainda defendem o adestrador de gado, valei-me.

      Excluir
  2. Grita mito agora cabanda de otários baba ovo de Bolsonaro,Brasil se afundando aos poucos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. afundando aos poucos esta no governo fernando henrique, agora desde a eleição do mito e o golpe de temer que afundou de vez, o tal do mito vai até ajoelhar nos cascos do presidente os EUA, pra pedir esmolas. kkk atenção FMI prepare os cofres que os mendigos do brasil vai voltar a tomar emprestimos em forma de esmolas com os juros mais caros do mundo para om evanjegues,psicopatas, e gado pagarem.

      Excluir
  3. faz arminha agora que passa.

    ResponderExcluir
  4. Bando de burros por acreditar em Fake News que o editor do Verdinho fazendo jus a sua ignorância e descompromisso com a verdade pública sem ao menos verificar a veracidade e o teor da notícia.
    Altera a Lei nº 12.379, de 6 de janeiro de 2011, que dispõe sobre o Sistema Nacional de Viação - SNV, para estabelecer condições de instalação e utilização da infraestrutura de transporte em terras indígenas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que isso tem haver com a notícia aqui?

      Excluir
  5. Meu Deus, esse presidente só pensa nas em tirar dia mais necessitados, não é possível, e agora eleitores de Bolsonaro que ainda defendem, qual a explicação?

    ResponderExcluir
  6. tá difícil pro pobre.

    ResponderExcluir
  7. governo do satanás!!! bem feito!!! eu não tenho nada com isso!!! preto, puta, piroba, pobre e deficiente estão lascado com esse Hitle do Brasil!!!Mictoooo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esses eleitores de Bolsonaro é tudo cu de burro

      Excluir
  8. Faz arminha rebanho de otario

    ResponderExcluir
  9. Bolsonaro não enganou ninguém. Desde o inicio mostrou claramente para quem pretendia governar. Sequer a palavra pobre ele conseguia pronunciar. Bolsonaro é o presidente mais sincero de todos os tempos e por isso mesmo talvez os pobres brasileiros sejam os mais burros de todos os tempos. Tem flanelinha comprando maquininha de débito e achando que é micro empreendedor, empresa. Acorda, a maioria não passa de trabalhador informal que se adoecer já era "empresa"

    ResponderExcluir
  10. já vi falar em ser abaixo da critica, más esse bolsonaro, é um fenômeno de burrice, estupidez, moleque, milicinao, ladrão, tudo que não presta está na família. não escapa um. nem avó, nem sogra, nem parentes longe de um lado ou do outro. so para evanjegues,psicopatas, e gado mesmo.

    ResponderExcluir
  11. Os eleitores de Bolsonaro é tudo mente vazia kkk
    Oficina do diabo, cegos e baba ovo kkkkk kkkkk
    Foda-se não votei nesse verme kkkkk
    A solução é Lula e sem mimimi

    ResponderExcluir
  12. Kkkkkk oh mentira não teve nenhum reportagem na tv sobre isso kkkkk

    ResponderExcluir
  13. Vendido não posta isso é mentira deixa de ser esquerdista isso é Fake News

    ResponderExcluir
  14. https://brasil.estadao.com.br/blogs/vencer-limites/governo-bolsonaro-quer-ganhar-dinheiro-com-a-exclusao/

    ResponderExcluir
  15. https://www.cartacapital.com.br/politica/bolsonaro-quer-desobrigar-empresa-de-cumprir-cota-para-pessoas-com-deficiencia/

    ResponderExcluir
  16. EU VOTEI EM CIRO GOMES ESTE SIM, ((NÃO O MITO DE MERDA))

    ResponderExcluir