quarta-feira, 8 de janeiro de 2020

Ilhéus: Homem que tentou matar mulher no Hernani Sá pagou fiança e está solto

Ilustrativa
José Leal Nascimento, apontado por tentar matar a golpes de faca a própria esposa identificada por Vilena Lima de Oliveira, no último domingo (05) no bairro Hernani Sá, em Ilhéus, pagou fiança de R$ 2.000,00 (dois mil reais) e foi liberado nesta terça-feira (07). 

O agressor chegou a ficar preso na carceragem da 7ª Coorpin, após ser ouvido pelo delegado operacional Luis Adriano Coelho, que o enquadrou na lei Maria da Penha, que apesar de está fora da cadeia, José Leal Nascimento corre o risco de ser condenado na justiça.

Vale ressaltar que a mulher só não foi atacada pelo valentão, porque conseguiu correr, pediu socorro e entrou rapidamente na primeira residência que encontrou a porta aberta (Fábio Roberto Notícias).

8 comentários:

  1. SOLTARAM PARA ELE TERMINAR O SERVIÇO, INFELIZMENTE!
    Essa é a JUSTISSA,que temos.
    De qualquer forma a vida dela acabou...não vaivter paz enquanto esse demônio estiver solto, quiçá vivo, coitada.😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔😔

    ResponderExcluir
  2. quem estipulou e aceitou a fiança dele, teria que se responsabilizar pela vida da vítima. com certeza ele vai acabar com ela, então ele deixa de ser culpado e quem estipulou a fiança e a aceitou fica na cadeia no lugar dele. quero ver esse comércio da justiça não acabar.

    ResponderExcluir
  3. Só falta voces noticiarem a soltura de dezenas de traficantes que são liberados também com pagamento de fiança. Infelizmente a nossa legislação permite esse artificio.

    ResponderExcluir
  4. Esse pacote anti-crime do juizeco está infalível.

    ResponderExcluir
  5. Tá achando ruim? Então aplica a LEI DA TUA CABEÇA prá tu ver no k vai dar.

    ResponderExcluir
  6. Esse cabra vai matar essa mulher, com certeza!!! O cara tá totalmente desmiolado!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Deus a livre de todo mal uma mulher batalhadora e pessoa honesta justiça pra ele concerteza nao ficara impune ele vai pagar ate pelas ameaças e pelo constrangimento

    ResponderExcluir
  8. ai ele volta e mata a mulher, foge e depois a policia volta a procurar como foragido por " TENTATIVA de homicidio". essa é a justiça do nosso país. quem tem que fugir agora é ela a vitima pra nao perder a vida, pq ja sabe que nao adianta acionar polia/justiça

    ResponderExcluir