sexta-feira, 21 de outubro de 2022

Educação de Jovens e Adultos é tema de encontro no Conjunto Penal de Itabuna

O trabalho de ressocialização dos internos do Conjunto Penal de Itabuna e de Educação de Jovens e Adultos (EJA) foi discutido durante um encontro na quinta-feira, dia 20), entre o secretário municipal da Educação, Josué Brandão Júnior, a diretora da Escola Municipal Lourival Oliveira Soares, professora Jeovani Lima, e o diretor da unidade prisional Alecsandro Leal. 

O secretário Júnior Brandão assegurou que os internos vão receber o fardamento da Escola Lourival Oliveira Soares, que tem um anexo do EJA no Conjunto Penal. “Já temos até alunos aprovados na Universidade Federal Sul da Bahia, o que demonstra que a educação é capaz de dar resultados positivos”, lembra.  

Ele informou que o anexo tem quatro professores, um coordenador e a diretora que vai até a unidade uma vez por semana. “Providenciamos o mobiliário e remuneramos os professores de forma especial”, afirmou. 

O secretário ressalta a preocupação do prefeito Augusto Castro (PSD) em implantar classes da EJA no Conjunto Penal de Itabuna para dar oportunidade aos internos, como preconiza a legislação educacional. “Vale ressaltar que a partir do quantitativo de livros que o interno lê, ele pode reduzir o tempo de cumprimento da pena”, disse. 

Atualmente, o Conjunto Penal de Itabuna tem 500 reeducandos em sala de aula, sendo que 230 são alunos da Rede Municipal de Ensino, na modalidade da Educação de Jovens e Adultos - EJA.

O secretário visitou as salas de aula instaladas na instituição e os espaços onde são realizadas oficinas de corte e costura, artesanato, música, salão de beleza, informática, xadrez e capoeira.

Ao final do encontro, foi apresentado o Decreto nº. 9.450 que institui a Política Nacional de Trabalho no Sistema Prisional, que determina que empresas contratadas pela administração pública, admitam presos e ex-presidiários como parte da mão de obra.

Também participaram do encontro representantes do Grupo de Ação Comunitária (GAC), o presidente da subsecção da Ordem dos Advogados do Brasil, Rui Carlos Santos, além de convidados, tendo sido tratadas pautas importantes, concernentes ao trabalho de ressocialização realizado pela Socializa (co-gestora do Conjunto Penal de Itabuna).

18 comentários:

  1. Sanvue de jesus tem plder porra

    ResponderExcluir
  2. Eu so enrro s alguem trazer pessoalmente a prova da prf p mim

    ResponderExcluir
  3. Solta os comentario verfinjo

    ResponderExcluir
  4. Nosso dinheiro vai pra esses vagabundos

    ResponderExcluir
  5. Some com meu dinheiro medmo zezao q s nao eu te pego irmao, bota ad cara tedta sua fe

    ResponderExcluir
  6. Solta o homem juiz fp paizao

    ResponderExcluir
  7. Vixe, um esquizofrênico saiu comentando aqui...
    kkkkkkkkkkkkkkkk
    A única pessoa séria de todas dessas fotos ai, é Dourado... o resto é tudo vagabundo!!

    ResponderExcluir
  8. Segunda nos morra os irmao d vdd q nos e lucifer

    ResponderExcluir
  9. E ladrão que não acaba mais

    ResponderExcluir
  10. Tem jovem na cidade que nem condiçoes de estudar e essas gastando dinheiro com presidio depois que ta souto comete o mesmo crime ou pior

    ResponderExcluir