quinta-feira, 18 de janeiro de 2024

Identificada a família morta em acidente na BR-116; vítimas eram de Jequié

As cinco pessoas que morreram na batida entre uma carreta e um carro, na noite de quarta-feira (17), na BR-116, em trecho da cidade de Milagres, eram da mesma família. 

As vítimas são pai, mãe, dois filhos e um sobrinho. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente aconteceu no km 554, por volta das 20h30. Todas as vítimas estavam no carro. Elas forma identificadas como: Flávio Costa Silva, de 41 anos (pai de duas crianças e tio da outra – era o motorista do carro); Eunice Ribeiro de Jesus Costa, de 31 anos (mãe de duas crianças e tia da outra) Íngrid Flávia Ribeiro Costa, de 10 anos (filha do casal); Bernardo Flávio Ribeiro Costa, de 8 anos (filho do casal); Gabriel Pereira Silva Trevisolo, de 16 anos (primo das crianças e sobrinho do casal).

A família é do município de Jequié, no sudoeste do estado e estava em viagem para Salvador. Flávio Costa Silva era motorista da Prefeitura de Jequié e trabalhava na Secretaria de Desenvolvimento Social. 

Em nota, o órgão adiou eventos e lamentou o acidente: “Flávio era um dedicado motorista profissional, tendo desempenhado sua função de forma ética e exemplar, conduzindo os veículos da Prefeitura”. A PRF informou que o Departamento de Polícia Técnica (DPT) foi acionado. Os corpos das vítimas foram encaminhados para o DPT de Itaberaba.

4 comentários:

  1. Eu quando dirijo sozinho até corro um pouco, mas quando estou com minha família, dirijo com muito cuidado e só ultrapasso quando tenho uma boa vantagem. Mas vejo por aí gente dirigindo em alta velocidade e levando toda família sem ao menos se preocupar com a segurança de todos

    ResponderExcluir
  2. Que Deus conforte os amigos e familiares.

    ResponderExcluir
  3. Meu Deus mais uma família que Deus fortaleça a família pois eu estou passando por isso vai fazer três anos em março que perdi minha irmã sobrinha e cunhado acidente de carro em Minas mais somos da Bahia dói tanto parece que foi ontem

    ResponderExcluir
  4. Muito triste. Uma família inteira desaparece nas estradas brasileiras. Será apenas mais um número para as estatísticas de dezenas de mortes anuais em acidentes de trânsito. Até quando?

    ResponderExcluir